Bolívia: perseguição e prisão de cristãos e confisco da Bíblia no país, já começou.

Pregar o evangelho de Jesus Cristo fica proibido na Bolívia com a nova lei.

Antes mesmo da sanção presidencial por parte de Evo Morales em relação a lei que proibe a pregação do evangelho no país, testemunhas afirmam que na prática, a perseguição e prisão de cristãos já está em andamento, e o governo está ordenando que todas as Bíblias sejam entregues à polícia para serem queimadas.
Famílias bolivianas cristãs já estão fugindo do país e chegando ao Mato Grosso. Quem não consegue atravessar a fronteira com o Brasil, está sendo preso e a Bíblia confiscada.

Por Mário Célio – reproduzido e editado p/ Cimberley Cáspio

Lideranças evangélicas e católicas da Bolívia estão denunciando a tentativa do presidente Evo Morales de criminalizar a evangelização. O Novo Código do Sistema Criminal boliviano, proposto em dezembro e que deve ser aprovado em breve, trouxe uma série de mudanças na legislação, visando a se conformar à visão bolivariana de sociedade. Bispos católicos e pastores de diferentes igrejas evangélicas chamam atenção ao artigo 88, que prevê com prisão de sete (7) a doze (12) anos. O problema é que seu 12º parágrafo caracteriza como crime “o recrutamento de pessoas para participação em organizações religiosas ou de culto”.

Nesta segunda-feira (8), centenas de evangélicos fizeram manifestações na capital La Paz. Além dos líderes religiosos, também protestam advogados e jornalistas. Eles denunciam que o Novo Código do Sistema Criminal acaba com a liberdade de imprensa nos artigos 309, 310 e 311, que tratam de “injúria e difamação”. Na prática, eles preveem prisão para quem fizer denúncias contra o governo e os políticos bolivianos.

O argumento central do governo boliviano é que a liberdade de expressão (seja ela religiosa ou na imprensa) é uma “concessão de Estado”. Esse é um pensamento típico das ditaduras, que aproxima mais ainda a Bolívia da Venezuela, que compartilha do mesmo ideal “bolivariano” – que nada mais é uma forma latino-americana de comunismo.

Um grupo de representantes da associação Igrejas Evangélicas Unidas revelou que fez um ato em frente ao Palácio do Governo e à Assembleia Legislativa, que deverá aprovar as mudanças propostas por Evo Morales. Eles divulgaram uma declaração na qual exigem “a revogação total do Novo Código do Sistema Criminal”.

Segundo os pastores, o artigo 88 dá margem a interpretações de que qualquer atividade de evangelização seja criminalizada. Também dizem que isso inviabiliza o trabalho com pessoas que recebem nos centros de recuperação de alcoolismo e dependência de drogas dirigido por religiosos.

As propostas da nova lei contradizem o artigo 4 da Constituição da Bolívia, que prevê a liberdade de culto. No entendimento dos líderes religiosos, toda manifestação fora dos templos estaria sujeita à censura, o que impediria, por exemplo, retiros de igrejas, procissões ou caminhadas do tipo “Marcha para Jesus”.

Chamam a atenção também para as “restrições à realização de atividades em grupo”, contempladas na nova legislação, que poderia resultar na intromissão do governo nas atividades das igrejas, como cultos.

Por outro lado, na Nigéria, cristãos estão sendo chacinados a céu aberto, e diante do massacre aos religiosos, os EUA enviarão tropas ao país.[Imagem: MASSACRE.jpg]

Mais de 900 igrejas cristãs foram destruídas por terroristas do Boko Haram, no norte da Nigéria, como parte da campanha violenta do grupo radical islâmico para expulsar todos os cristãos da região.
E após este massacre contra os cristãos na Nigéria, o presidente dos EUA, declarou que vai enviar tropas americanas para combater e destruir o Boko Haram.

Fonte: http://www.feijo24horas.com.br/pregar-o-…a-nova-lei

http://www.feijo24horas.com.br/apos-mass…oko-haram/

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s