Friburgo: prazo para vítimas das tragédias climáticas de 2007 e 2011 receberem imóveis termina agora dia 20.

POR Dayane Hemrich – A Voz da Serra – Editado p/Cimberley Cáspio

 

OBS: quem quer receber à sua casa, é bom acelerar, pois o prazo não será prorrogado! Vamos ao texto.

Depois de 11 anos de espera, Marcos Vinícius da Silva — uma das vítimas das fortes chuvas que atingiram Nova Friburgo em janeiro de 2007 — deve, finalmente, receber uma casa para morar. Ele e mais outras dezenas de famílias aguardam o fim das obras do conjunto habitacional no bairro Granja Spinelli e, é claro, a entrega oficial das chaves, pelo governo municipal. A boa notícia é que, ao que tudo indica, parece que, finalmente, o sonho da casa própria vai virar realidade, em breve.

Foto de capa

Algumas das construções foram ocupadas por vítimas das tragédias de 2007 e 2011 (Fotos: Henrique Pinheiro)

Em decreto publicado no Diário Oficial, em A VOZ DA SERRA, no último dia 5, a Prefeitura de Nova Friburgo anunciou a convocação de quem teve seus antigos imóveis atingidos pela tempestade em 2007. Segundo o governo municipal, o objetivo é identificar cidadãos que não foram contemplados com unidades habitacionais e que, também, ainda não se cadastraram para o processo de seleção técnica.

(Fotos: Henrique Pinheiro)

O prazo para a apresentação vai até o próximo dia 20, sem possibilidade de prorrogação. O atendimento será feito nesta sexta-feira, 13 e nos dias 16 e 20, das 10h às 16h, na Secretaria Municipal de Assistência Social, que fica na Avenida Alberto Braune, 224, 2º andar, sala 214 Centro Administrativo César Guinle, antigo prédio da Oi).

Além de passar por entrevistas com profissionais de assistência social, os proprietários de imóveis que se enquadram nas condições para receberem as casas no conjunto da Granja Spinelli devem apresentar uma série de documentos. São eles: laudo da Defesa Civil do imóvel perdido em 2007; comprovante de residência de 2007; comprovante de residência atual; termo de propriedade ou outro documento que comprove a titularidade do imóvel; certidão de casamento ou certidão de óbito do cônjuge;  RG e CPF próprios e dos integrantes da família.

Ainda segundo o governo municipal, os cidadãos que cumprirem todas as condições técnicas estabelecidas pelo processo de seleção, tanto do programa quanto da Caixa Econômica Federal, estarão habilitados para receber uma das unidades habitacionais construídas no bairro. Aqueles que eram proprietários de imóveis danificados em 2007 e que já entregaram os documentos exigidos e realizaram seus cadastros podem entrar em contato com a Secretaria de Assistência Social para mais esclarecimentos, às segundas e sextas-feiras, das 9h às 17h.

A equipe de reportagem de A VOZ DA SERRA entrou em contato com a prefeitura para saber como ficarão as famílias que já estão morando no conjunto habitacional, já que muitas delas são vítimas da tragédia de 2011 e não de 2007, como o previsto na convocação. O prazo para o fim das obras e a estimativa da entrega das residências também foram questionados ao governo municipal.

Em nota a prefeitura informou que “as residências do bairro Granja Spinelli são destinadas às vítimas da tragédia climática de 2007 e que foram devidamente cadastradas pela Secretaria de Assistência Social. Sendo assim, orienta ainda que as vítimas da catástrofe de 2011 se dirijam à secretaria, portando documentos que comprovem sua situação, para que passem pelo mesmo procedimento”.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s