Porta-aviões São Paulo: como que a Marinha não previu o problema na França e comprou um navio condenado?!

Por Victor Barreira, Istambul – IHS Jane’s Defense Weekly – Tradução de Desenvolvimento e Defesa.

Já que estamos falando da Marinha, antes de falarmos sobre o porta-aviões, essa notícia é interessante.

A Marinha do Brasil recebeu o primeiro avião de combate modernizado McDonnell Douglas AF-1C Skyhawk em 24 de abril.

A Marinha do Brasil opera atualmente dois Skyhawks modernizados. Aqui está uma variante única de assento AF-1B. (Embraer)

A4AR Fight

A Embraer assinou um contrato em Abril de 2009 para atualizar nove 4KU e três TA-4KU a AF-1B e padrão AF-1C, respectivamente 20 A-4KU e três TA-4KU que foram adquiridos de ações do Kuwait .

No entanto, recentemente decidiu modernizar um número menor de aeronaves devido à restrição de orçamentos e a decisão de desmantelar o porta-aviões São Paulo (A 12).

A primeira AF-1B foi entregue em maio 2015 esquadrão VF-1 ‘Falcão’ Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia e o segundo em abril de 2016.

O novo AF-1B está agendado para entrega ainda este ano.

 

Por Cimberley Cáspio

Por outro lado, quem vai pagar à conta e será punido pela péssima compra do porta-aviões São Paulo, que só em manutenção e reparos custou mais de 1 bilhão de reais que não valeram pra nada?

Entre compra e manutenção, a nação queimou 1 bilhão e 100 milhões de reais. Dinheiro jogado na lata do lixo.

O que vai acontecer com os responsáveis por essa tragédia comercial, se assim podemos chamar? Comprar um porta-aviões condenado que só funcionou por 2 anos? O resto foi parado nas docas e queimando dinheiro do país.

Que raios de oficiais são esses que não tiveram o senso patriótico de fazer uma análise técnica no navio, ainda na França, e não detectar o problema antes da compra? Não adianta o argumento da falta de capacidade técnica para analisar se um navio tem vida útil ou não, e por quanto tempo. A Marinha Brasileira tem tecnologia. Agora gastar mais de 1 bilhão de reais na manutenção e reparo do navio e depois decidir desmantelá-lo, não há justificativa aceitável pra isso. Os oficiais responsáveis devem ser demitidos, exonerados, processados e presos. Nem a reforma merecem.

Apenas anunciam que vão desmantelar o porta-aviões e vai ficar assim? Os responsáveis por essa loucura vão ficar impunes?

Ex-presidente Lula da Silva e Marisa Letícia a bordo do porta-aviões em agosto de 2004. Imagem: Agência Brasil

O porta-aviões já com problemas. – Imagem: Agência Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s