Uma Copa do Mundo não é suficiente para fazer esquecer um crime coletivo contra uma Nação.

Por Cimberley Cáspio

Resultado de imagem para Foto: a bandeira brasileira humilhada

Imagem: Instituto Humanitas Unisinos

Agora com a Copa do Mundo na Rússia, o governo do Brasil deve achar que será suficiente para esquecermos a tragédia das demandas de corrupção no pais, a qual ainda está ativa. Um pouco mais discreta, mas ainda em andamento.

Foi tempo em que uma Copa do Mundo nos tirava à atenção enquanto objetivos obscuros eram realizados no poder, durante o tempo em que a bola estava rolando.

A questão é que crescemos e ficamos adultos politicamente falando. Fato é, que: ainda não exercemos de forma perfeita a nossa cidadania, ainda cometemos muitas falhas, mas já sabemos cobrar e estamos mais vigilantes.

Também sabemos que o governo não é amigo, e sim, inimigo, e por isso, mesmo quem ainda não cresceu politicamente, teve que se emancipar emergencialmente, devido a presença revelada e física do exército de traidores que ocupa há tempos a Nação brasileira.

Durante muito tempo, o governo soube usar muito bem a distração do futebol para nos enganar e nos tirar do foco, mas agora não mais. Mesmo que restrinja a comunicação, não baixaremos mais a guarda; não cometeremos o mesmo erro do passado.

Quanto mais castigados, mais sabedoria iremos adquirir; ficaremos ainda mais inteligentes, e não vamos deixar que nos passem para trás novamente, como o governo sempre fez. Claro que o que digo, não se refere exclusivamente a esse governo, mas, também a governos anteriores. Todos nos enganaram e muito se beneficiaram, e como moeda de troca, nos davam futebol. Não. Isso agora acabou!

Ainda gosto de futebol e sou torcedor, porém a primeira camisa que visto é: a camisa política verde e amarela, e não à camisa da também corrupta CBF.

Não mais me manifestarei com alegria a um gol da seleção brasileira, enquanto não tiver certeza de que não há mais acordos cabalísticos sendo tratados nas catacumbas e porões dos governos federal e estadual enquanto o jogo está em andamento. O inimigo ainda está no poder.

A catástrofe que acometeram ao país, foi algo sem precedentes na história do Brasil. A ferida foi lastimavelmente grande, e dessa geração, não será esquecida por um longo tempo; e não é uma Copa do Mundo que vai apagar isso de nossa memória.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s