A maior traição política dos tempos modernos.

 

Por Cyrille Daoud – de Ottawa – Quora.com – Editado p/Cimberley Cáspio

[Imagem: main-qimg-52956041f0c299e5953af7daf0405f8c]

“Política não tem nada a ver com moral” – Nicolau Maquiavel

Em 2003 , quando a ditadora Líbia Kadafi concordou em desarmar as armas nucleares, interrompendo seu programa nuclear, a comunidade internacional assegurou a Kadafi que tais armas não eram necessárias para proteger o país e garantiram manter o seu poder.

Logo após as eleições francesas em 2007, vencidas por Nicolas Sarkozy, circularam rumores de que Sarkozy era suspeito de receber fundos de campanha ilegalmente e alegada intervenção de outros países. Jornalistas e investigadores começaram a suspeitar que Kadafi contribuiu pessoalmente com 50 milhões de euros como fundos de campanha de Sarkozy .

Um ano depois, Kadafi começou a fazer planos para libertar os países africanos e do Oriente Médio da dependência financeira dos EUA. E, claro, durante a conferência da União Africana, ele afirmou seu objetivo de combater o monopólio do petrodólar . Ele enfatizou seu objetivo de vender petróleo produzido pela Líbia com a moeda Dinar de ouro e não com o dólar americano.

Em 2011 , ocorreu uma rebelião que resultou em caos na Líbia . O objetivo da rebelião era romper com o poder ditatorial de kadafi. Como de costume, a comunidade internacional liderada pelos EUA agiu sobre o caos na Líbia. E previsivelmente, a história da intervenção no Iraque pelos países ocidentais foi repetida na Líbia, sob o pretexto de “democratizar a país africano”.

Como pensávamos, a França e os Estados Unidos aliaram-se em nome da libertação e usaram a OTAN como uma máquina esmagadora que mais tarde atacou a Líbia por via aérea. O ataque pretendia apoiar atividades “rebeldes” que, aliás, eram extremistas, e seu comportamento era mais severo do que o de kadafi. Um relatório afirmou que o governo francês armou e financiou grupos rebeldes, e prometeu apoio se conseguissem derrubar Kadafi.

[Imagem: main-qimg-d1e782d55e468cfee67c6181a6b0b80f]

Naquela época, a Líbia era um país razoavelmente rico na África. As pessoas eram prósperas, porque muitas instalações eram fornecidas pelo estado, como educação gratuita, financiamento para pessoas que queriam cultivar, serviços de saúde abrangentes, emprego e muito mais. Poderia se dizer que kadafi era um ditador, mas ao contrário dos aliados dos EUA, ou seja, da família da monarquia saudita, os resultados obtidos com as vendas de petróleo da Líbia durante o governo de kadafi, foram utilizados para a prosperidade do povo.

Finalmente, em 20 de outubro de 2011, com o apoio dos EUA e da França, os rebeldes conseguiram prender Kadafi e executá- lo de maneira terrível. Não houve proteção internacional para ele, e ele não foi julgado antes de ser punido. Infelizmente foi morto e descrito como um vilão. Levou tudo o que sabia com o corpo para o cemitério. O país com que se preocupou, se voltou contra ele.

[Imagem: foto_kadafi_morto_al_jazeera.png?w=595]

Mas quem se importa?

Sarkozy traiu e tentou lavar as mãos indiretamente matando um de seus amigos mais próximos. Todos os seus crimes serão esquecidos e sua imagem será salva.

[Imagem: main-qimg-67ee26b8e58e9b45ebe781bfc4d701db]

Ao mesmo tempo, os EUA conseguiram garantir o domínio do petróleo internacional através de seus petrodólares. As reservas de petróleo na Líbia, que já foram nacionalizadas na era Kadafi, agora são controladas por empresas dos EUA e da França. Finalmente a Líbia se tornou um país pobre com uma guerra civil sem fim. As pessoas agora se arrependem de ter cometido uma rebelião. Extremistas estão agora no poder, e a Líbia é um dos ninhos de terroristas que atacarão a Tunísia, e até mesmo a Europa.

De fato, este incidente afetou o clima político europeu com o surgimento da ideologia de direita causada pela crise dos refugiados. Imagine quantos refugiados morreram no Mediterrâneo por causa desta série de eventos?

A boa notícia, Sarkozy foi detido pelas autoridades francesas por causa de evidências relacionadas à evidência do uso de fundos ilegais da Líbia em sua campanha em 2007.

Atualmente, Sarkozy foi considerado culpado de todas essas alegações.

 

1 comentário

  1. I have been looking in this data long. Upon Six hours of consistent Googleing, ultimately
    Manged to get the idea into your web site. I’m wondering what’s
    the lack of Google and bing methodology which will
    don’t get ranking this type of educational web-sites on the
    superior checklist. The exact top notch webpages are rich in trash can.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s