Bayer anuncia corte de 12.000 empregos em todo o mundo.

Por Opera Mundi

Multinacional alemã afirma que maior parte de cortes será na Alemanha e que decisão não tem relação com processos judiciais contra Monsanto nos EUA.

[Imagem: bayer-monsanto.jpg]

(Foto: Marco Bello/Reuters/Arquivo; Brendan McDermid/Reuters/Arquivo)

O grupo farmacêutico e agroquímico alemão Bayer anunciou nesta quinta-feira (29/11), em Leverkusen, que pretende cortar 12 mil postos de trabalho em todo o mundo.

Uma “parte significativa” desses postos será eliminada na Alemanha, acrescentou a empresa, que emprega 118 mil pessoas em todo o mundo, sem dar mais detalhes.

O objetivo da medida é elevar a competitividade do grupo e gerar economias anuais de 2,6 bilhões de euros, incluídas aí as sinergias previstas com a aquisição da Monsanto, anunciou a Bayer.

Também está prevista a venda do setor de saúde animal e das marcas Coppertone e Dr. Scholl, bem como a venda da participação de 60% na empresa alemã Currenta.

Nos Estados Unidos, a Bayer enfrenta 9.300 processos relacionados ao herbicida glifosato, que é fabricado e vendido pela Monsanto. Consumidores afirmam que o produto provoca câncer e processaram a empresa.

A Bayer rejeita as acusações, mas sofreu derrotas recentes em tribunais americanos, que deram ganho de causa a um zelador que utilizou durante anos o glifosato no seu trabalho numa escola.

A diretoria da empresa afirmou que os cortes não têm relação com os processos judiciais que a Monsanto enfrenta nos Estados Unidos.

Fonte: Deutsche Welle

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s