Socos e pontapés na diplomação de legisladores em Minas Gerais.

Por Cimberley Cáspio

Resultado de imagem para Deputados eleitos trocam socos em evento de diplomação em Minas Gerais... - Veja mais em https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2018/12/19/deputados-eleitos-trocam-socos-em-evento-de-diplomacao-em-minas-gerais.htm?cmpid=copiaecola

19.dez.2018 – Os deputados federais Rogério Corrêa (PT, de cabelos brancos) e Cabo Junio Amaral (PSL, de costas) trocam socos durante cerimônia de diplomação dos candidatos de MG eleitos em 2018 – Imagem: RAMON BITENCOURT/O TEMPO/ESTADÃO CONTEÚDO

A política nacional já passou da linha mais baixa que poderia chegar. Quer dizer, está no fundo do poço.

Vergonha? Vergonha de quê? O errado passou a ser comum; e qualquer um que clamar e lutar pelo correto, com certeza será processado, condenado, e na pior das hipóteses, executado.

A Constituição e os Códigos de leis, se transformaram em balaios de confusão. Nem mesmo os juízes estão se entendendo. Como por exemplo, a decisão do ministro do Supremo Marco Aurélio Mello, ontem à tarde, 19/12/2018, de soltar 192 mil presos, foi travada ontem à noite,19/12/2018, pelo seu colega Dias Toffoli. Quer dizer, tudo isso aconteceu em questão de horas. E casos idênticos e parecidos vem acontecendo nas Cortes de Justiça. Mas claro, isso só acontece quando interesses econômicos e políticos são ameaçados. E esse imbróglio em momento nenhum tem a ver com a defesa de uma pessoa pobre, um idoso, ou uma criança desamparada.

Sabemos que existem 2 tipos de leis: leis para ricos e leis para pobres. Pau que dá em Chico, nem sempre dá em Francisco. Há um apartheid legal e descaradamente discriminatório no país. Quer dizer, nem sempre a discriminação é uma violação. Depende da área em que é processada.

Já no Congresso Nacional e nas Câmaras Legislativas, estamos acostumados com o bate cabeça; mas nas Cortes de Justiça que seria o nosso último bastião, é caso de perder todas às esperanças e nos segurarmos com o que nos resta, enquanto caímos.

Resultado de imagem para foto do avião caindo do céu

E independente de quem esteja certo ou errado, as instituições estão desmoronando, não lentamente, mas de forma acelerada.

E se a violência in natura é praticada por legisladores, inclusive os que ainda vão exercer tal cargo, não é de se esperar que tais pessoas possam ter um pensamento ideológico de pensar no bem comum. O que podemos imaginar que tais lutas sejam disputas por uma presa, ou até mesmo uma carniça. Mas pra que mesmo eles estão ali?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s