Engenheiros que atestaram segurança da barragem de Brumadinho são presos.

Por Poder360

[Imagem: brumadinho-868x644.png]

Brumadinho (MG) foi invadida por 1 mar de lama após o rompimento da barragem

A Polícia Civil de São Paulo e o Ministério Público de Minas Gerais cumpriram 2 mandados de prisão na manhã desta 3ª feira (29.jan.2019). Os alvos são profissionais que atestaram a segurança da barragem que se rompeu em Brumadinho (MG) na última 6ª feira (25.jan.2019).

Ao todo, 5 engenheiros que deram laudos para a barragem já foram presos; 2 em São Paulo e os outros 3 em Minas Gerais. Os mandados foram expedidos pela Justiça Estadual de Minas Gerais, no domingo (27.jan) à noite. Os policiais paulistas prestam apoio na operação.

Os presos estariam envolvidos no processo de liberação da barragem de Brumadinho. Eles teriam atestado a segurança da barragem. Há suspeita de fraude em documentos.

A prisão dos engenheiros Makoto Namba e André Yassuda em São Paulo foi nos bairros de Moema e Vila Mariana, na Zona Sul da cidade.

A polícia também cumpre mandados de busca e apreensão em duas empresas que participaram das vistorias das barragens.

Segundo informações preliminares, os engenheiros são de empresas terceirizadas pela Vale. Por enquanto os nomes são mantidos em sigilo.

Os presos prestarão primeiros depoimentos em São Paulo e serão transferidos para Minas Gerais.

http://www.poder360.com.br/brasil/engenh…ao-presos/

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s