CCR fecha acordo com MP e reduzirá pedágios no Paraná em 30%

Por Poder360


Rodovia Anhanguera, controlada pelas concessionárias CCR e Arteris

A Rodonorte, uma das empresas do grupo CCR, fechou 1 acordo de leniência com a Lava Jato nesta 4ª feira (6.mar.2019) e deve pagar uma multa de R$750 milhões. Parte do dinheiro será utilizado para reduzir em 30% a tarifa de todas as praças de pedágio operadas pela Rodonorte.

De acordo com o Ministério Público Federal, o benefício chegará ao bolso dos cidadãos em até 30 dias. A duração desse desconto terá o tempo necessário para que o montante total da redução tarifária alcance o valor de R$350 milhões.

O acordo prevê que a Rodonorte pague o valor estipulado até o fim da concessão, em 2021. O termo de leniência ainda precisa ser homologado pela Justiça Federal.

Outra parte da multa será utilizada para executar parte das obras nas rodovias e a última para pagar multas previstas da lei de Improbidade Administrativa.

Eis uma tabela que detalha a destinação do dinheiro:

A CCR, que faz obras de infraestrutura em todo o Brasil, é investigada por pagamentos de propina no Paraná.

O acordo da CCR com o MPF visa limpar o nome da empresa, que quer ser competitiva na conquista de novas concessões em leilões. Por ter ações na Bolsa de Valores, a Rodonorte não quer ter problemas com a Justiça.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s