Brasil: o carnaval representou muito bem a que ponto chegamos.

Por Cimberley Cáspio

bandeira-brasil-660x330
Imagem: deixecrescer.wordpress.com

Estamos acompanhando durante toda Operação Lava Jato, um fato bastante curioso e ao mesmo tempo perigoso.

Todos os políticos pegos com a mão na massa tem insistido diante da autoridade que todos os seus roubos foram declarados à Justiça Eleitoral respeitando a legislação vigente e considerados legais pela egrégia Corte. E diante das justificativas desses políticos envolvendo a Justiça Eleitoral, declarando que a Corte tem considerado tais ações como legal,dentro da lei, chegamos a conclusão de que há alguma coisa muito errada com a Justiça Eleitoral brasileira.

Como roubaram milhões e bilhões por tanto tempo sem que a Justiça nada fizesse? A que ponto a cegueira da Justiça chegou? Glaucoma ou pior que isso? Havia alguma festa? Todo mundo concordando com todo mundo? Agora mesmo, a imprensa tem questionado as associações de magistrados em relação ao relacionamento direto do ministro Gilmar Mendes, com Aloysio Nunes, Paulo Preto, Aécio Neves e etc, e é só silêncio, ninguém fala nada. Os órgãos que representam os magistrados e advogados, inclusive a OAB, não se manifestam. Não há retorno ao questionamento da imprensa.

CPI da Lava Toga já é fato, será aberta no Congresso. Se vai andar, é uma incógnita. Os políticos terão coragem de dedurar seus pares? Que segredos serão permitidos serem revelados? Quem será levado ao holocausto? O detento Sérgio Cabral será convocado a depor?

A verdade é que a Justiça brasileira é a maior responsável por todo esse desastre moral, e graças a ela, a Justiça, tudo isso aconteceu. Se a Justiça estivesse fazendo o trabalho dela, a coisa teria sido travada já no início, mas, como levou a serio a cegueira, abriu a caixa de pandora e os irmãos metralhas fizeram uma festa de arromba, a ponto do mundo inteiro ficar ciente de tamanha incapacidade e incompetência. E pior, não tem Zé galinha nessa história, a maioria doutores, empresários, diplomados e até com pós- doutorado. Os 3 poderes da República envolvidos. Como chegaram a isso? Uma vergonha para a decência nacional.

Como a Justiça pode julgar qualquer coisa se ela é que tem que ser a primeira a sentar no banco dos réus? Um faz de conta está sendo feito. Alguém precisa fazer alguma coisa. Mas a moral foi pro espaço. O carnaval representou muito bem a que ponto chegamos. Como refazer o Estado agora? Não é só uma questão de reforma da Previdência e sim, reforma de toda a Nação, de todo o país. Uma reforma profunda. O país precisa ser resgatado, não importa o preço. E será. Vai doer? Muito. Mas o resgate da Nação é prioridade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s