Até os preços dos pedágios estão superfaturados. Será que o Brasil tem jeito?

Por Poder360


A PF cumpriu nesta 5ª feira 16 mandatos de busca e apreensão nos Estados de Goiás, Bahia e Espírito Santo e no Distrito Federal. Investigação é sobre superfaturamento do serviço

A PF (Polícia Federal) realizou nesta 5ª feira (11.abr.2019) a Operação Infinita Highway, que investiga o superfaturamento das tarifas de pedágio em rodovias federais dos Estados de Goiás, Bahia e Espírito Santo.

A ação da PF ocorreu simultaneamente nos 3 Estados e no Distrito Federal. São 16 mandados de busca e apreensão em órgãos públicos, empresas e residências dos investigados.

De acordo com a apuração da polícia, concessionárias compravam laudos falsos sobre a qualidade das rodovias. A medida evitava a aplicação de multas e penalidades pela ANTT (Agência Nacional de Transporte Terrestre).

Uma das concessionárias chegou a aumentar indevidamente o valor do pedágio. A justificativa era manutenção, que não ocorria, nas rodovias. A investigação contou com o apoio do TCU (Tribunal de Contas da União).

Por meio de nota, a ANTT informou que se coloca à disposição das autoridades para os esclarecimentos que se fizerem necessários. Eis o comunicado da Agência:

“Cabe enfatizar que a Agência realiza seus trabalhos e toma suas decisões respaldadas em estudos e pareceres técnicos de seus servidores e procuradores jurídicos, dentro da legalidade e lisura, respeitando todos os princípios éticos da administração pública, e em permanente contato com os órgãos de controle”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s