A vida de cada brasileiro não Vale nada, inclusive suas cidades e o meio ambiente. O objetivo é o lucro. Independente do genocídio que se possa produzir.

Por Douglas Magno – El País

Desde que a sirene da mineradora Vale tocou pela primeira vez, em 8 de fevereiro, os moradores da cidade mineira de Barão de Cocais (a cem quilômetros de Belo horizonte) vivem com medo. O paredão de terra (talude) da mina do Congo Soco, que pertence à mineradora, ameaça se romper, afetar a barragem próxima e despejar lama na cidade.

No último dia 16 de maio, o alerta de risco chegou ao nível máximo e alterou de vez a rotina dos moradores, que têm fresca na memória a tragédia de Brumadinho, que deixou centenas de mortos. A empresa instalou placas e avisos e diz estar tomando todas as “medidas preventivas” possíveis.

O estado de tensão e espera afeta tudo, inclusive a economia. “A Vale é um câncer no Brasil porque ela dá uma colher e tira uma pá”, diz o carreteiro Sílvio Faria, um dos moradores da cidade.

https://reporterbrasil.org.br/2019/04/o-baile-da-lama-as-relacoes-entre-politicos-e-mineradoras-em-uma-festa-de-casamento-e-fora-dela/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s