Juiz absolve o esfaqueador de Bolsonaro.

Por Renan Ramalho – O Antagonista

Resultado de imagem para Foto: Adélio

O juiz federal Bruno Savino absolveu Adélio Bispo de Oliveira, em razão de ele ter sido considerado inimputável, informa Mateus Coutinho, na Crusoé.

O magistrado decidiu que o autor do atentado deve ficar internado por tempo indeterminado e seja submetido a perícia médica daqui a três anos.

Na sentença que condenou Adélio Bispo de Oliveira, o juiz Bruno Savino determinou que ele fique internado por tempo indeterminado no presídio de segurança máxima de Campo Grande, onde já está preso e continuará a ser tratado.

Ele rejeitou a possibilidade de interná-lo num hospital psiquiátrico, como prevê a lei para pessoas inimputáveis por insanidade mental. Considerou que isso “não se mostra aconselhável” em razão de sua periculosidade e do risco que ele mesmo correria.

“O atentado praticado pelo acusado tomou grande e importante repercussão na mídia e nos mais diversos meios sociais e, diante da acentuada polarização política verificada na última eleição presidencial, não é leviano dizer que ele poderia ser exposto a uma situação de perigo ou mesmo risco de morte, caso viesse a ser inserido em um ambiente onde houvesse convivência diuturna com outros internos”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s