O DER não se emenda. É preciso extinguir essa estatal.

Por Guilherme Alt – Jornal A Voz da Serra

As
As “lombadas” no asfalto da RJ-130 (Fotos: Henrique Pinheiro)

Em maio deste ano o Detran-RJ anunciou a transferência de  R$120 milhões para o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) a serem utilizados na recuperação de seis mil quilômetros da malha rodoviária do estado, incluindo  pavimentação de rodovias, restauração e recuperação de pontes, passarelas e viadutos, sinalização e manutenção corretiva e também na ação preventiva. O convênio foi assinado pelo governador Wilson Witzel e os presidentes do Detran-RJ, Luiz Carlos das Neves, e do DER, Uruan Cintra de Andrade.

Responsável pela conservação de quatro estradas não pedagiadas que cortam Nova Friburgo (a Serramar, a Terê-Fri, a RJ-150 e a RJ-148), o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) ainda não começou a realizar melhorias na cidade.

Em Duas Pedras, em frente ao Memorial SAF, um dos principais pontos a receber reparos, ainda apresenta ondulações nos dois sentidos da pista, o que coloca em risco motoristas e pedestres. É um problema crônico que dura há anos. O asfalto cedeu nas duas pistas e acabou estufando. Junto aos acostamentos e no meio da pista formaram-se calombos. O desnível é tão grande que acaba servindo como uma divisória de pistas.

Na Serramar, no início do ano, vários trechos apresentavam problemas. À época, segundo uma fonte ligada ao DER, a estrada como um todo necessita de grandes intervenções, e não apenas de “tapa-buracos”.

A situação levou a leitora Elizabeth Ruiz a enviar por mensagem ao jornal, com um desabafo sobre as condições da estrtada: “É mais uma vergonha do nosso estado a maneira como essa estrada está: muito mato, buracos e, além de tudo, com pedaços de estrada faltando, o que a torna mais perigosa do que já é. Uma pena, pois a chegada à Região dos Lagos através dela para nós, friburguenses, é bem mais rápida. Deixo aqui o meu protesto a quem de direito: governo do estado, DER. Não sei a quem devemos nos dirigir para que façam alguma coisa.  Lutamos tanto pela Serramar e, agora, vê-la assim dói muito”.

O que diz o DER

O DER esclarece que está iniciando novos contratos de conservação, além da retomada de outros, para que todas as rodovias estaduais voltem a oferecer segurança e serviços com qualidade para a população.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s