E também na Bolívia, na contramão da vontade popular, Supremo Tribunal do país, criou brecha para a ilegalidade que permitiu a vitória fraudulenta de Morales.

Por Iñigo Almuena – Iberoamérica Central de Notícias

García Linera, vice-presidente e Evo Morales (Foto MC)

Evo Morales foi constitucionalmente impedido de ser candidato à presidência da Bolívia; Ele perdeu o referendo em fevereiro de 2016, onde os bolivianos votaram contra a quarta repostulação à presidência do país.

Mas em outro ato fraudulento, Morales usou os ministros – nomeados por ele – no Tribunal Constitucional para inventar uma saída ilegal que permitisse que ele fosse candidato novamente e, assim, atropelando todas as leis, conseguiu e concorreu novamente, quando não podia fazê-lo.

Agora, com a incrível manipulação de votos revelada por observadores internacionais, Morales permanecerá no poder imune à fraude.

E precisamente ele, que não cumpriu o resultado das pesquisas de 2016, agora fala de um golpe contra ele, enquanto a contagem de votos suspeitos parece violar a decisão dos cidadãos. Resposta típica de quem já exerce tirania na Bolívia.

Com total autoconfiança, Evo Morales disse que, querendo “reportar ao povo boliviano e ao mundo inteiro, um golpe de estado está em andamento, o direito foi preparado com o apoio internacional a um golpe de estado (…). E dizer ao povo boliviano, que primeiro, haverá um estado de emergência e mobilização pacífica e constitucional para defender a democracia ”, afirmou em entrevista coletiva na cidade de La Paz.

Só que na entrevista coletiva, ele não explicou por que a contagem normal de votos foi suspensa por várias horas, e o TSE parou de dar resultados, para reaparecer depois sem explicação, dando-lhe vencedor no primeiro turno.

E como sempre, a mensagem é sempre a mesma e disse Morales:”a culpa é da direita internacional”, repetindo os versos de Maduro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s