Atenção! Enquanto o noticiário mundial dispara alarme contra o coronavírus, estão silenciando sobre uma gigantesca operação militar dos EUA em andamento na Europa.

Por Manlio Dinucci – editado p/ Cimberley Cáspio

JPEG - 38,6 kb
O ministro do Interior da Baviera, Joachim Herrmann, cumprimenta os primeiros soldados dos EUA após sua chegada à Europa (Nuremberg, 3 de março de 2020)

E se o coronavírus restringisse a liberdade individual do brasileiro assim como faz na Itália? O brasileiro ficaria em casa e obedeceria as determinações da autoridade? Difícil saber. Mas o monstro está chegando e se espalhando, isso é fato. Em Conselheiro Lafaiete – Minas Gerais, a doença já foi detectada e bolhas começam a se formar em relação ao coronavírus.

Se acontecer, não será a liberdade restringida pelo governo e sim, por uma pandemia que segundo especialistas internacionais, “foi criada em laboratório. Não se pode excluir tal hipótese. Vírus que modificados podem ser usados ​​como agentes de guerra biológica, incluindo setores-alvo da população. Uma área cercada pelo segredo mais denso, geralmente coberto pela pesquisa científica civil.”

JPEG - 44,2 kb

“E enquanto a Europa se fecha em relação a pandemia, 20 mil soldados americanos estão desembarcando no Velho Continente, principalmente Itália. Pergunta:  nesse espaço de tempo, na Lombardia, a algumas centenas de quilômetros de distância, estão em vigor as normas mais severas; e na Baviera – onde se observou o primeiro contágio europeu de Coronavírus – os soldados dos EUA saíram do avião, cumprimentaram as autoridades alemãs e beijaram seus companheiros sem máscara. Eles já estão vacinados contra o Coronavírus?

30 bilhões de euros foram disponibilizados para simplificar as formalidades alfandegárias para operações militares e transporte de mercadorias perigosas de tipo militar”.

E enquanto a mobilidade civil fica restrita, as forças americanas se espalharão pela Europa. E repito, todos os militares não estão usando máscaras. Nada que possa sentir qualquer apreensão dos militares dos EUA quanto a pandemia que ora se espalha pelo planeta.

“Em julho de 2015, o Instituto Britânico do Governo Pirbright, patenteou nos Estados Unidos um “coronavírus atenuado”. Em outubro de 2019, o Johns Hopkins Center for Health Security realizou uma simulação de pandemia de coronavírus em Nova York, prevendo um cenário que, se acontecer, causará 65 milhões de mortes.”

Todas as notícias do mundo estão focadas no coronavírus. O noticiário na televisão e internet é quase que dedicado inteiramente a doença que veio da China. E enquanto disparam o maior alarme para o coronavírus, estão silenciando uma gigantesca operação militar em andamento na Europa. Há algo muito, muito errado!

https://www.voltairenet.org/article209325.html

https://www.voltairenet.org/article209405.html

https://www.voltairenet.org/article209446.html

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s