O mínimo de reconhecimento a equipe de saúde é providenciar com urgência equipamentos de biossegurança e um contrato de trabalho digno aos que estão sob regime de RPA, enquanto ainda estão vivos.

Por Cimberley Cáspio

Resultado de imagem para Foto: médicos e enfermeiros cansados

Coronavírus já começa a fazer baixas. Profissionais de saúde já estão sendo mortos pela pandemia. E além de governos estarem preocupados com a saúde e a vida da população, precisam saber também que esses profissionais, muitos dos quais, pertencem a classe pobre, sobrevivem de forma humilde cuidando de pais idosos ou filhos pequenos, morando em habitações simples, pagando aluguel que não é barato. Esses heróis estão lutando na linha de frente contra uma das maiores tragédias globais de que poderíamos imaginar. Desse pessoal, muitos já estão contaminados, entre eles, médicos, enfermeiros e auxiliares técnicos.

Resultado de imagem para Foto: médicos e enfermeiros cansados

Quando em guerra, militares são resguardados por seguros, ou algo do gênero, a fim de que suas famílias não fiquem desamparadas caso o combatente venha a tombar em missão.

E o que estamos acompanhando não é diferente. Os combatentes e as armas são diferentes, porém o perigo de morte e vidas são iguais. E a intensidade com que se combate a pandemia tem deixado marcas literais nos rostos da equipe da saúde, devido o longo tempo em que se fica com a máscara; medo, forte depressão, e um período prolongado no centro de conflito, com substituição escassa e demorada.

Resultado de imagem para Foto: médicos e enfermeiros cansados

A população está fazendo o que pode para ajudar esses heróis da saúde, porém o reconhecimento maior se espera do próprio governo. Que é a ressalva de uma proteção financeira a família de cada um, principalmente os que estão trabalhando sob o regime de RPA, destravando a burocracia e incluí-los em um regime de trabalho digno, além de roupas de proteção adequadas. Uma ação mais humana, patriótica e cristã do que política. O mínimo que se espera de um reconhecimento aqueles que estão lutando pelas nossas vidas. Enquanto ainda estão vivos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s