Falha grave de política sanitária permitiu o desembarque de passageiros doentes de navio de cruzeiro, sem a devida triagem.

Por Naaman Zhou – The Guardian – Editado p/Cimberley Cáspio

Ruby Princess sai de Sydney Harbour sem passageiros e apenas tripulação a bordo ao passar pela Opera House em 19 de março de 2020.
 Todos os 2.700 passageiros a bordo do Ruby Princess foram autorizados a desembarcar em Sydney, apesar do navio de cruzeiro ter registrado 158 casos confirmados da doença. 
Fotografia: James D Morgan / Getty Images

Na quinta-feira, o navio Ruby Princess atracou no porto de Sydney – Austrália, após uma viagem de ida e volta de 11 dias à Nova Zelândia.

Apesar do navio ter registrado 158 casos confirmados da doença em uma viagem anterior, todos os 2.700 passageiros a bordo foram autorizados a desembarcar no Circular Quay de Sydney e retornarem às suas casas em New South Wales.

Até agora, 133 pessoas foram diagnosticadas com a doença depois de deixar o navio, e uma pessoa, uma mulher de 70 anos, morreu.

O ministro da Saúde de NSW, Brad Hazzard, admitiu no domingo que foi um erro deixar os passageiros desembarcarem e, na segunda-feira, o primeiro-ministro Scott Morrison disse que a força de defesa australiana foi chamada para ajudar a NSW Health para rastrear os contatos dos passageiros.

Como aconteceu um desastre de saúde pública como esse?

O navio Ruby Princess atracou no Terminal de Passageiros Overseas em Sydney, em 19 de março de 2020
Ruby Princess no terminal de passageiros no exterior de Sydney. 
Mais de 300 passageiros poderiam ter contraído coronavírus no momento em que atracaram, afirma um especialista. 
Fotografia: Agência Anadolu via Getty Images

Em um comunicado, a ministra da Defesa, Linda Reynolds, disse que as equipes de apoio ao rastreamento estavam “sendo estabelecidas em todos os estados e territórios, tentando localizar todos os 2700 passageiros do navio.”

O professor associado Ying Zhang, da Universidade de Sydney, “disse que essa negligência pode resultar em casos triplicados da doença no país nos próximos dias.”

https://www.theguardian.com/world/2020/mar/25/ruby-princess-coronavirus-cases-could-double-or-triple-in-next-few-days-expert-says

https://www.theguardian.com/world/2020/mar/24/anatomy-of-a-coronavirus-disaster-how-2700-people-were-let-off-the-ruby-princess-cruise-ship-by-mistake

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s