Bancos estão proibidos de usar o auxílio emergencial de R$ 600 para descontar dívidas de correntistas.

Por Luiz Felipe Kessler – Seu Crédito Digital

coronavoucher começará a ser depositado hoje para quem possui conta na Caixa e a partir de quinta (9) para quem é correntista do Banco do Brasil. Mas será que os bancos podem usar o auxílio emergencial de R$ 600 para descontar suas dívidas?

Segundo o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, caso existam débitos anteriores na conta, o dinheiro automaticamente ficará protegido. “O auxílio emergencial é para sustentação das pessoas. O sistema brasileiro, por meio da Febraban, fez esse acordo”.

Portanto, você pode ficar tranquilo que caso tenha alguma dívida com o banco você não poderá ser descontado caso receba esse valor de auxílio do governo, que é apelidado de coronavoucher.

Cada cidadão terá direito a receber três parcelas de R$ 600. No entanto, a lei prevê a possibilidade de o governo prorrogar o benefício enquanto durar o estado de calamidade pública por causa da covid-19.

Além disso, cada família poderá acumular, no máximo, dois benefícios, ou seja, R$ 1.200. A mulher que sustentar o lar sozinha terá direito a R$ 1.200.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s