ACADEMIAS MILITARES: CHEGOU A HORA DA VERDADE. O TREINO ACABOU. E TUDO QUE FOI ENSINADO SERÁ AGORA POSTO À PROVA.

Por Cimberley Cáspio

Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN) - YouTube

Assim que as Forças Armadas tomarem o país, sei que não será fácil pôr o Brasil em ordem em tempo hábil. A ORCRIM e seu exército tentarão resistir e criar dificuldades, fazendo de seus cúmplices escudo humano, a fim de terem ferramentas para acusar os militares .

As sardinhas serão as primeiras a serem presas se provavelmente partirem pra cima das forças legalistas, e dependendo da forma que a ORCRIM atacar, a resposta poderá ser na mesma proporção, o que se pode esperar se o ataque oposicionista for violento, onde muitas sardinhas poderão se ferir, ou até morrerem; ocasião que oportunistas traidores da Pátria, documentarão esses momentos para denunciar o processo de intervenção na comunidade internacional.

Os tubarões, ou chefes da ORCRIM, claro, estarão escondidos ou fora do país, ordenando de seus esconderijos que suas sardinhas sejam sacrificadas em prol de se criar uma grande publicidade negativa contra os intervencionistas.

E é aí que as Forças Armadas precisam se precaver o máximo para não cair em armadilhas que possam dar combustível de divulgação aos comunistas traidores.

Não será fácil impor ordem sob o caos, infelizmente palavras não serão aceitas pelos inimigos do Estado; e o momento chegou. O treinamento qualificado imposto aos militares brasileiros será finalmente posto à prova, com o objetivo de vencer e resgatar o país a qualquer preço. Chegou a hora da verdade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s