Duas Barras & coronavírus: ninguém se preparou para isso desde a fundação do município.

Por Cimberley Cáspio

Duas Barras registra primeiro caso de Covid-19 através de teste ...
Foto: prefeitura de Duas Barras

Porém a capacidade técnica da administração municipal, em conjunto com a perspicácia e coragem da gloriosa equipe de saúde, surpreendeu até mesmo quem nunca pensou como lhe dar com uma pandemia de cunho global.

Aqui em Duas Barras, o confinamento não é obrigatório, mas aconselhável.

Na cidade, os serviços considerados não essenciais continuam fechados.

Temos 3 casos confirmados de coronavírus, porém isolados em casa. O caso que antes estava confirmado e internado no centro de tratamento de COVID-19, na policlínica da cidade, graças a Deus, foi curado e recebeu alta.

O número de pessoas na rua é bem pequeno em relação ao normal antes da pandemia. E os que estão circulando, fazem apenas por questão necessária. Não há aglomerações.

Há barreiras sanitárias nos distritos de Moneratt, Boa Vista, e na chegada à Duas Barras, perto da ponte que segue pra Fazenda do Campo.

E com os antigos pontos de encontros fechados, como por exemplo, a praça central, o mirante e cachoeiras, e cidades vizinhas seguindo o mesmo padrão,não há muito o que fazer que não seja realmente ficar em casa.

Na região serrana, cada cidade luta como pode contra o coronavírus, e Friburgo, claro, é a mais atacada, com mais casos confirmados, e mortes.

Aqui em Duas Barras, a administração municipal, liderada pelo prefeito Luiz Carlos, a equipe e agentes de saúde, trabalham de forma incansável na prevenção da doença, monitoramento e tratamento dos casos confirmados, objetivando a cura de quem está contaminado.

O consumidor em geral está obrigado a usar máscaras ao entrar nos estabelecimentos comerciais, inclui aí funcionários e também motoristas de taxi, carga e auxiliares.

O consumo em padarias e restaurantes está proibido. Comprar sim, consumir ali, não. A entrada nesses estabelecimentos é controlada, permitindo o acesso do mínimo necessário de clientes. Comprou, vai saindo e outro entra. E assim por diante.

Claro que a economia municipal está em perigo, e muita gente em grau elevado de necessidades básicas, onde a igreja, a prefeitura e até particulares, vem ajudando com doações de alimentos.

Com a quarentena em andamento, é possível que muitos problemas negativos que não só alimentos, estejam acontecendo no interior de algumas casas. E não são todas as pessoas que tem a capacidade psicológica para suportar um confinamento, e algumas explosões acontecem. Mas até agora, nada tão grave que não possa ser contornado pelos assistentes sociais.

A dificuldade esbarra nos dois lados, tanto de quem administra, quanto de quem está confinado. Difícil? Muito. Creio que seja algo inédito desde a fundação do município, e claro, ninguém se preparou para isso.

Sendo assim, a política também ficou confinada a um tema somente, salvar vidas. Todos correm o mesmo risco, ricos e pobres, profissionais de saúde e pacientes, o coronavírus mata.

Pode ser vencido, como estamos testemunhando um número enorme de pessoas curadas, mas se descuidar e relaxar, o cemitério é o caminho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s