O labirinto de túneis encontrado após a megaexplosão em Beirute. Governo libanês nega ter conhecimento.

Por Defesa TV

Equipes de resgate libanesas encontraram um túnel do grupo terrorista Hezbollah nas proximidades de onde ocorreu a explosão em Beirute, no Líbano. Outros túneis teriam sido descobertos também desde então, seguido aos trabalhos de escavações para a limpeza do local.

Diversos meios de comunicação do Líbano e Israel afirmaram tratar-se de uma rede de labirinto de túneis construído décadas atrás. De acordo com o site The Jerusalem Post, alguns sites afirmam que isso é evidência de que túneis subterrâneos foram escavados pelo grupo terrorista Hezbollah para armazenar armas no porto de Beirute, enquanto outros acham que foram usados para tráfico de pessoas.

As Forças Armadas libanesas negaram a existência de túneis, assim como o Hezbollah negou ter qualquer envolvimento com as explosões registradas no início de agosto em Beirute. Porém as imagens são inegàveis.

Milhares de manifestantes se reuniram na Praça dos Mártires, no centro da capital libanesa, para protestar contra os líderes políticos que seriam responsáveis ​​pelo grave incidente devido à corrupção e negligência. Manifestantes entoaram gritos contra o grupo terrorista Hezbollan, financiado e armado pelo Irã.

As explosões, que ocorreram na área portuária da capital libanesa, deixaram ao menos 220 mortos e sete mil pessoas ficaram feridas, conforme informado pelo governador de Beirute, Marwan Abboud, ao site “Al-Marsad”.

As Forças Armadas libanesas negaram a existência de túneis, assim como o Hezbollah negou ter feito qualquer coisa no porto de Beirute. Não está claro como o exército poderia refutar as alegações sem investigar as imagens e vídeos que já circulam online. No entanto, o exército negou a existência de túneis.

A existência de redes de túneis em regiões de fronteira com Israel, Líbano, Cisjordânia e Faixa de Gaza é antiga e sempre foi denunciada por Israel, como um dos meios que os grupos terroristas palestinos e outros usam para infiltrar armas e terroristas em sua logìstica do terrorismo.

Com informações Panam Post, Sky News, The Jerusalem Post, Press, Israel 24 News, Lebanon Free TV, STF Analisys & Intelligence via redação Orbis Defense Europe.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s