Nigéria: o maior solo de chacinas de cristãos do planeta.

Por Giulio Meotti – Gatestone Institute

perseguição na Nigéria | Notícias Gospel

“Parem com os assassinatos”, “Basta!”, “Nossas vidas são importantes”, dizem cristãos e líderes religiosos nigerianos aglomerados em Londres em 20 de agosto para protestar contra o massacre de cristãos em seu país. Eles enviaram uma carta ao primeiro-ministro britânico Boris Johnson acusando a mídia internacional de engendrar “a conspiração de silêncio”.

Ao mesmo tempo, um relatório de três organizações: Organização Internacional para a Construção da Paz e Justiça Social, Comitê Internacional da Nigéria e o Grupo Parlamentar de Todos os Partidos para a Liberdade Religiosa Internacional ou Crença, divulgaram que nos últimos 20 anos, 100 mil cristãos foram mortos na Nigéria. O Boko Haram, Al Qaeda, pastores Fulani e outros grupos islamistas são os responsáveis pela morte de mais de 96 mil cristãos em 21 mil ataques. De acordo com o relatório, 43.242 cristãos foram mortos pelo Boko Haram, Estado Islâmico e Al Qaeda, 18.834 morreram em ataques perpetrados pelos Fulani e 34.233 por outros grupos armados. A Nigéria está se tornando o “maior solo de chacinas de cristãos do planeta”.
(…)
Quando se lê os relatos sobre os massacres de cristãos nigerianos, o cenário é sempre o mesmo: um vilarejo com alguns casebres, em volta campos abertos. Os jihadistas aparecem na calada da noite e atacam os casebres um a um. Eles arrombam portas, gritam “Allahu akbar”, assassinam idosos, estupram e mutilam mulheres e crianças e sequestram para exigir resgate como “negócio“. Eles incendeiam moradias, escolas e igrejas.” 


Ainda na Nigéria:

De acordo com o Morningstar News, as irmãs gêmeas Hassana e Hussaina Garba, filhas de um ancião da uma igreja cristã, foram sequestradas de sua casa no estado de Katsina, na sexta-feira, 18 de setembro. Durante o sequestro, seu pai, Ibrahim Garba, também foi baleado pelos agressores. Ele sobreviveu ao tiroteio, mas está hospitalizado. O ataque ocorreu poucos dias depois do assassinato de outro pastor e três outros cristãos em um estado do centro-norte do país.

Sequestro para resgate e sequestro para conversão tornaram-se um grande negócio na Nigéria. Muitas meninas têm sido levadas por criminosos e grupos terroristas como o Boko Haram. Essas meninas desaparecem e são vendidas como escravas como esposas ou usadas em ataques suicidas. (Do ICC – Persecution.org)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s