A Pátria brasileira foi acometida de alzheimer e não reconhece mais os seus filhos.

Por Cimberley Cáspio

Priscila aparece de máscara, touca e de perfil, sentada em consultório
‘Não adoecemos porque fomos ao shopping, à praia, a uma festa… Adoecemos porque estávamos cuidando dos doentes’: médica Priscila Daflon, que trabalha em Itajaí (SC)https://cultura.uol.com.br/noticias/bbc/54671760_adoecemos-cuidando-de-doentes-nao-porque-fomos-ao-shopping-o-desabafo-de-medica-com-covid-19.amp.html

Muito embora o perigo de morte seja tão real quanto uma guerra bélica, os soldados da saúde que combatem o coronavírus na linha de frente, não tem pelas autoridades brasileiras, o reconhecimento pelo sacrifício e exposição ao mortal vírus chinês, o qual, já matou milhões de pessoas no mundo e ainda continua matando.

Estamos em guerra contra um vírus altamente letal, e os soldados da saúde tem como missão, salvar vidas e defender a própria. Quer dizer, não deixar morrer, e também não morrer. Mas se o soldado da saúde morrer em combate, ele é praticamente relegado.

Se for concursado, o cônjuge recebe o valor da pensão integral; se for contratado pela CLT, é desterrado ao INSS e o cônjuge vai receber uma pensão de valor bastante inferior em relação ao salário que o soldado da saúde ganhava quando vivo; mas se o soldado da saúde cair em combate, e estava sob o regime autônomo(RPA), aí a desgraça é total. Todo o sacrifício em prol das vidas que salvou, não lhe valeu absolutamente nada financeiramente para sua família, a qual, não ganhará nem uma cesta básica.

Os soldados da saúde estão lutando uma guerra com o motivo de salvar vidas, salvar a si mesmo, e a sua família. E sabem muito bem que se cair em combate, não terão reconhecimento e nem promoção “post mortem”, pelo contrário, relegado e esquecido, independente do sacrifício que os herdeiros irão passar.

E ignorado pelas autoridades do Brasil, esse exército em que não há desertor, desesperado em salvar vidas, continua a combater, mesmo sob baixas de colegas médicos, enfermeiros e técnicos.

E que conclusão podemos chegar? A Pátria foi acometida de alzheimer, e infelizmente não reconhece mais os seus filhos?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s