África do Sul, realizou pesquisas com Ebola, para matar somente negros.

Por Rede Voltaire – Editado por Cimberley Cáspio.

Mais de 500 morrem em segundo maior surto de ebola da história - 09/02/2019  - Mundo - Folha
 Goran Tomasevic /Reuters

No decurso dos anos 80, o regime de apartheid na África do Sul encetou pesquisas, com o Dr. Wouter Basson, sobre uma gama de agentes patogênicos que se pudessem modificar, matariam somente indivíduos com pele negra (Project Coast). Estas pesquisas incluíram o vírus Ebola.

Em 1988, o Ministro da Saúde do Zimbabwe, o Dr. Timothy Stamps, acusou a África do Sul de ter testado o Ebola e o Marburg ao longo do Zambeze, no quadro da sua guerra biológica.

Em 1992, Shoko Asahara, líder da seita Aum Shinrikyo, viajou para o Zaire a fim de coletar amostras do vírus Ebola.

As culturas de Ebola do doutor Basson teriam sido destruídas por ele, em 1994, mas sem confirmação.

https://www.voltairenet.org/article185761.html

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s