Enquanto a miséria e doenças diversas fazem sofrer e matar, políticos nadam em ouro na República Democrática do Congo.

Por Jeff Lewis e Helen Reid – Editado por Cimberley Cáspio

Resultado de imagem para Foto:  miséria na República Democrática do Congo
 THOMAS MUKOYA / REUTERS

O presidente-executivo da Barrick Gold Corp, Mark Bristow, disse que o grupo espera obter US $ 500 milhões pertencentes à sua joint venture de mineração de ouro Kibali do Congo no próximo mês, acrescentando que o advento do novo governo do presidente Tshisekedi deve ajudar.

A mineradora de ouro está em negociações com a República Democrática do Congo sobre o dinheiro há mais de um ano.

“Com o novo governo agora temos certeza de que esse bloqueio será removido e poderemos voltar às atividades normais”, disse Bristow à Reuters.

Tshisekedi consolidou o controle sobre o governo congolês e nomeou um novo primeiro-ministro na segunda-feira, coroando uma série de vitórias sobre seu predecessor Joseph Kabila.

De acordo com o código de mineração do Congo de 2018, as mineradoras devem retornar 60% da receita das vendas de minerais ao país para ajudar a desenvolver a economia. Os US $ 500 milhões são o excesso de caixa que sobrou depois que Kibali repatriou 60% da receita e pagou as despesas no país.

A Barrick relatou anteriormente um lucro trimestral que superou as estimativas dos analistas , ajudado pelos fortes preços do ouro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s